Pium, sábado 19 de outubro de 2019

Educação

MPE recomenda providências para melhorias no sistema educacional de Arraias

27/03/2015 08h22

Web Arraias - TO, praça da matriz

João Lino Cavalcante

O Ministério Público Estadual (MPE) encaminhou recomendação aos secretários de Educação do Estado e do Município e à Diretora Regional de Ensino de Arraias indicando a adoção de medidas que garantam acesso efetivo ao direito à educação na cidade de Arraias.

No documento, o Promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega orienta que sejam realizadas, pelo menos uma vez por semestre, reuniões entre pais/responsáveis e equipe pedagógica da escola. O promotor solicita que sejam encaminhados os nomes dos pais que não compareceram às reuniões nem apresentaram justificativa, para que sejam tomadas as providências quanto às obrigações inerentes ao poder familiar. É recomendado, também, que o Ministério Público e o Conselho Tutelar sejam informados das reuniões, para participarem.

Também foi recomendado que, em cumprimento à Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei n° 9.394/96), seja encaminhada ao Conselho Tutelar, ao Juiz da Comarca e à Promotoria de Justiça a relação dos alunos com faltas acima de 50% do percentual permitido em lei.

João Neumann recomenda a adoção de projetos de combate à violência nas unidades de ensino, além de ações de incentivo à leitura e da atualização do acervo literário das bibliotecas. Como justificativa, cita trecho da Política Nacional do Livro (Lei n. 10.753/03): “O livro é o meio principal e insubstituível de difusão da cultura e transmissão do conhecimento e da melhoria da qualidade de vida”.

Os órgãos do Estado e do Município têm 30 dias para responder se irão cumprir a recomendação do MPE.

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.
Jornal Ecos do Tocantins    |    Contato: trajanocoelho@gmail.com    |    (63) 98444-2993